Desfile dos Bacamarteiros vai reunir 28 batalhões no dia de São João, em Caruaru

No dia 24 de junho, dia de São João é também comemorado o Dia do Bacamarteiro. Em Caruaru, a data é comemorada com um tradicional desfile que este ano reunirá 28 batalhões e cerca de 800 homens.  O desfile sairá do SESC por volta das 15h e seguirá pelas principais ruas do centro da cidade até o Polo das Quadrilhas, no Arraial Gonzagão, na Estação Ferroviária, onde receberão medalhas de honra ao mérito, entregues pelo prefeito José Queiroz e o presidente da Fundação de Cultura e Turismo, José Pereira.

 

Antes dos batalhões saírem pelas ruas, as comemorações começam no SESC, no período da manhã quando eles se reunem para a salva de tiros e um almoço especial. São grupos de bacamarteiros da zona rural de Caruaru e também de diversas outras cidades do Agreste.

 

A origem dos grupos de bacamarteiros, segundo contam os próprios integrantes, é que gerações anteriores foram soldados vitoriosos que voltaram das batalhas, por isso o ato de condecoração por honra ao mérito virou uma tradição secular na Capital do Forró, para relembrar a participação do Exército Brasileiro na Guerra do Paraguai (1864 a 1870). Os tiros de bacamarte eram dados diante das igrejas para comemorar o retorno dos soldados para casa.

 

A tradição se misturou ao som do Triângulo, sanfona e zabumba, instrumentos que determinam os passos da marcha dos bacamarteiros. Facilmente reconhecidos pelos trajes de zuarte (tecido de algodão, geralmente azul), chapéus de couro, alpercatas e cartucheiras. Nos batalhões várias gerações marcham unidas, são pais, filhos, netos e até avôs que seguem em fila ao som do mesmo ritmo. A tradição também diz que eles são responsáveis por acordar os santos padroeiros das festividades juninas através dos tiros de pólvora seca, disparados pela arma que dá nome ao grupo, o bacamarte. Além dos disparos, eles cantam e rezam para os santos.

Sobre o autor

Postagens Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *