Suspeita de ebola em Caruaru

A Secretaria de Saúde de Caruaru deve se pronunciar, na tarde desta terça-feira, sobre um possível caso de ebola no município. Por precaução, a Policlínica do Vassoural, para onde o paciente foi levado, foi interditada.

 

O homem, suspeito de ter o contraído o vírus, permanece internado na unidade de saúde isolada. De acordo com a Secretaria de Saúde de Caruaru, o paciente é brasileiro. Mais informações, como o estado de saúde do paciente, serão divulgadas durante entrevista coletiva, marcada para o final da tarde.

Em outubro, cerca de 250 profissionais de saúde de todo o estado de Pernambuco participaram de uma capacitação sobre medidas de segurança no manejo clínico do paciente com suspeita de ebola. O Hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC) é a unidade de referência para casos suspeitos.

Ebola – Com uma taxa de letalidade de 90%, em seres humanos e primatas não humanos (tais como macacos, gorilas e chimpanzés), o Ebola é um vírus da família Filoviridae, Ebolavirus e foi descoberto em 1976 no que hoje é a República Democrática do Congo. Não existe tratamento específico, nem vacina com licença disponível para controle da doença em humanos e animais.

Sintomas – Quando a infecção ocorre, os sintomas geralmente começam de forma abrupta e incluem febre, fraqueza intensa, dores musculares, dor de cabeça e dor de garganta, seguida de vômitos, diarreia, erupções cutâneas, função hepática renal e deficientes e, em um estágio avançado, hemorragia.

Com informações da SES

Sobre o autor

Postagens Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *