Magníficos encerra São João de Caruaru

Um público superior a 80 mil pessoas compareceu ao Pátio de Eventos Luiz Gonzaga na noite de sábado (30) para se despedir do São João de Caruaru, que este ano teve como homenageados Luiz Gonzaga e o cantor Azulão. O primeiro, se estivesse vivo completaria 100 anos em dezembro. Já Azulão, completa 70 anos de idade e 50 de carreira. Além da banda Magníficos, que encerrou a festa, se apresentaram Garota Safada, Forró Real e Waldonys.

Magníficos apresentou um repertório com canções que marcaram as duas décadas de existência do grupo, entre elas Telefone Fora de ÁreaMe UsaEssa Paixão Virou ChicleteApaixonada e Verdadeiro. Antes da apresentação, a cantora Walkyria Santos disse que estava lisonjeada por participar do evento. “Para qualquer artista subir no palco de Caruaru nos festejos juninos representa um prêmio”, disse a paraibana, ao afirmar que o show encerra também o ciclo junino da banda. “Essa apresentação agora encerra o São João de Caruaru e também o nosso”, contou a artista.

O show de Waldonys, por sua vez, foi um dos destaques da noite. Além de canções de Luiz Gonzaga, Fagner e outros artistas nordestinos, o sanfoneiro surpreendeu quando iniciou os acordes do Hino Nacional, levando o megapúblico a cantar em coro. Ele também tocou a introdução do Hino da Vitória, em homenagem ao ex-piloto de Fórmula 1 Ayrton Senna. “Essa é uma homenagem a um brasileiro nato, Ayrton Senna da Silva”, disse o cantor.

Com o forró tradicional e a influência da escola gonzagueana, o músico levou ao repertório várias canções do rei do baião, entre elas Asa BrancaOlha Eu Aqui de Novo e Sabiá. O cantor afirmou que se apresentar em Caruaru tinha um gosto especial, já que a cidade representa muito para os artistas do Nordeste. “Eu venho da escola de Luiz Gonzaga e a música dele continua atual, cada vez mais presente na vida do povo nordestino. Aqui (Caruaru) é um Vaticano do Forró”.

Satisfação

Grande parte do público aprovou o novo modelo da festa. O casal de estudantes Leozynger Ferreira e Brenda Isabela estava feliz com a programação. “Realmente a cada ano o São João cresce e a estrutura é melhorada consideravelmente”, disse Leozynger. “Acho que este ano fizemos o melhor São João, com a bênção de Luiz Gonzaga em seu centenário”, completou a moça.

A tranquilidade do São João e os baixos índices de violência foram alguns dos assuntos mais comentados entre os jovens. “Não tem violência porque está bem organizado, as atrações entram na hora e tem muita polícia nas ruas”, comentou Eduardo Bellagio. “Essa nova estrutura do Pátio de Eventos também ficou melhor para quem vem assistir aos shows e dançar”, observou Bruna Isabela.

Caroline Casé, estudante de Jornalismo, afirmou que a festa este ano superou todas as suas expectativas. “Foi um dos melhores eventos de todos os tempos e, por homenagear Luiz Gonzaga, que completaria 100 anos se estivesse vivo, ganhou uma conotação muito especial. A repercussão foi muito positiva em todo o País e Caruaru ganhou muito com isso”, disse a estudante.

Sobre o autor

Postagens Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *